Judô é uma arte completa




Atemi-waza são técnicas de socos, chutes, golpes de mão aberta, cotoveladas, joelhadas e ataque com os dedos em pontos sensíveis da anatomia humana (pontos vitais), e estão codificados nos Katas do Judo (Seiryoku zenyo-no-kata, Kime-no-kata e o Goshin-jutsu-no-kata são alguns exemplos).

Com a transformação do Judo em esporte olímpico, o atemi-waza foi completamente esquecido em 90% dos Dojos e isso tem afetado a preservação destas técnicas. O treinamento olímpico não ensina as técnicas de atemi-waza devido a proibição do seu uso em campeonatos - devido ao grande risco de ferir seriamente o adversário - e, na grande maioria das vezes, os Judokas só são apresentados a essas técnicas nos exames para graduações superiores, através dos Katas. Mas Atemi-waza existe e é tão importante quanto as demais divisões técnicas do Judo.

O atemi-waza é extremamente eficientes em termos de defesa pessoal - é usado por instituições policiais de diversos países - e pode ser treinado de várias maneiras:

Kata - Kata é uma forma predeterminada de movimentos, herança das antigas escolas de JuJutsu. Nessa forma de treinamento Uke e Tori aplicam as técnicas de ataque e defesa.

Defesa pessoal - Nesse método de treinamento podemos usar as técnicas de atemi-waza com mais ênfase. Também treinamos através do Kata, a diferença é que os katas são livres, podendo usar variações de vários golpes.

Treino Livre - Uma outra maneira é o treino livre, nele devemos usar EPIS (equipamento de proteção individual) para proteger a integridade física dos Judocas e tornar o treino o mais real possível. O Makiwara também pode ser usado no treinamento de atemi-waza.

Forma de educação física - Seiryoku Zenyo Kokumin Taiku é um Kata de atemi-waza ensinado em todas as escolas do Japão como uma forma de educação física baseado no principio da máxima eficiência, visando o treino do corpo e da mente.


O Judô é uma arte completa e deve ser estudado como um todo, incluindo o atemi-waza!

Postar um comentário

0 Comentários