Vamos conhecer: Masahiko Kimura



Masahiko Kimura nasceu no dia 10 de Setembro de 1917 e é considerado um dos maiores judocas de todos os tempos. Nasceu em Kumamoto, Japão. Chegou ao 4º dan da faixa preta (Yodan) com 16 anos de idade e aos 18 tornou-se o mais jovem a chegar ao 5º (Godan).

Era conhecido por seu treino rigoroso ministrado por seu Sensei Tatsukuma Ushijima que lhe elevou sua técnica de Judô a tal nível que ele perdera apenas quatro lutas na sua vida, todas elas em 1935.

Uma das histórias sobre Kimura conta que ele treinava o Osoto-gari em uma árvore. Depois de seis meses de treinamento, durante o randori, chegou a infligir concussão em dez alunos nos quais aplicou o golpe, que acabaram pedindo para que não mais executasse tal técnica durante os treinos.
O fato é que aos 30 anos alcançou o 7º Dan e passou a se dedicar ao Wrestling e mais tarde ao Karate.
Para Kimura, o Karate tinha a finalidade de fortalecer suas mãos.  Primeiramente treinou o Karate Shotokan com Gichin Funakoshi por dois anos até se tornar assistente, cargo esse que cumpriu junto com Gogen Yamaguchi e Masutatsu Oyama.

Em 1949 depois de vencer diversos lutadores de boxe e Savate (conhecido como boxe francês) foi convidado pelo criador do Jiu-Jitsu Brasileiro, Hélio Gracie, para vir ao Brasil. Em 1951 os dois lutaram terminando com uma vitória de Kimura por imobilização: O Ude-garami reverso, que passou a ser conhecido, depois da luta, como Kimura.

Na década de 50 Kimura foi convidado por Rikidōzan para competir como wrestler profissional e mais tarde enfrentara Rikidōzan em uma luta que acabara como um vale-tudo e Kimura deixando seu oponente inconsciente. Mais tarde a amizade viraria uma rivalidade extrema que acabaria com a morte de Rikidōzan pela Yakuza, a máfia japonesa.
Kimura continuou com sua carreira de wrestler e em 1959 voltou ao Brasil na sua última apresentação, dessa vez contra Valdemar Santana, conhecido por suas lutas encenadas.
A luta era real e Santana já era campeão em Jiu-Jitsu e Capoeira, além de ter derrotado Hélio Gracie duas vezes em lutas que duraram mais de três horas. A luta entre os dois seria nas regras do wresling acabou com Kimura aplicando o mesmo golpe que derrotara Hélio e assim vencendo.
Santana pediu revanche, mas agora com as regras do vale-tudo. A luta terminou empatada depois de 40 minutos por causa do sangramento dos dois lutadores.
Kimura morreu em 18 de abril de 1993, vítima de um câncer no pulmão.

Medalhas:

All-Japan Collegiate Championships (1935)
All Japan Judo Championship (1937)
All Japan Judo Championship (1938)
All Japan Judo Championship (1939)
Ten-Ran Shiai tournament (1940)
West Japan Judo Championship
All Japan Judo Championship


Postar um comentário

0 Comentários